AMASOFIA
Instituto Internacional de Amasofia

www.amasofia.org.br — fale-conosco@amasofia.org.br — Irati (PR) / BRASIL
| principal | origens da amasofia | conteúdos amasóficos | fale conosco | loja virtual |
 
Links Amigos!
ORIGENS DA AMASOFIA
YouTUBE

(Aguardem novos links!)

NOTA
A AMASOFIA não comunga necessariamente com as opiniões, posturas, obras e ensinamentos em geral disponibilizados direta ou indiretamente pelos links acima destacados. A presença dos mesmos em nosso site é uma simples troca de gentilezas!

Gratos!
Instituto Internacional de Amasofia - IA


ATENÇÃO!

Novidades em nossa
Loja Virtual
Mais fitas VHS
disponíveis em formato
DVD!!!... Veja no MENU.

 

 

A Missão Sideral, Celeste ou Interplanetária de ORS INARAN — origem dos ditos conteúdos amasóficos — tem na relação das "Existências" de ÔUB e ILIÃN a sua origem cósmica. A mais avançada expressão (ou manifestação) da primeira delas, ÔUB, dentro de ORS INARAN, chama-se ITZAREL, um Oriani, isto é, um "Angélico" (ou seja, ... que se fez como um "Anjo" ou um Ab-Lá-Ói, em termos da Cosmogonia amasófica), SER que num passado remotíssimo teria se individualizado entre os Ará-hunéus (Araués), os primeiros humanos individualizados em Junnáh, corpo celeste que hoje é a nossa Terra, ela mesma formada na Estrela ARKA, localizada num sub-aglomerado estelar pleiadiano chamado de "Joanna", região da Via Láctea de onde procederia também o planeta Júpiter. Quanto a ILIÃN, sabem os estudiosos da AMASOFIA, que é a "Existência-Raiz" de Itza Omhábi e Madjilla-Súh, nossos "Jesus" e "Maria Madalena" históricos, dentre outras manifestações, como os igualmente históricos "Josué" e "Maomé".

ITZAREL, em razão de sua elevada condição evolutiva, tem outras "expressões" ou manifestações direta ou indiretamente atuantes junto à questão terrestre. As reconhecidas dentro da MISSÃO ORS INARAN são, por ordem hierárquica decrescente, ARGOM (um Espacial ou "Mosai"), ÓRIO (um Interplanetário, ou seja, um "Almaó"), ADRIMON (outro Almaó, esse com raízes em Alnilan, estrela da constelação de Órion), ISSA ARESI (uma identidade terrestre) e ainda uma outra manifestação pouco conhecida ("Zoób-Ráh"), vivente nas dimensões hiperfísicas da Terra, de onde trabalha entre nós via canais mediúnicos, tanto nos domínios Kardecistas como na Umbanda, como um anônimo dentro das falanges de "Pai Joaquim de Aruanda" e "Caboclo Sucuri", dente outras não reveladas. Sabe-se que ISSA ARESI teria vivido na Terra até ascencionar (iluminar ou "perenizar") seu corpo material terrestre, tornando-o "invulnerável" ou "permanente", através do qual continua a atuar entre nós, assumindo, quando necessário, "aspectos" ou aparências vários, de acordo com suas necessidades. Nada mais se sabe d'Êle, a não ser das estreitas relações que mantém com outra inteligência ligada a ORS INARAN. Entre elas destacamos as que tem trabalhado com BEN DAIJIH (Luiz Gonzaga) mais diretamente, na codificação da AMASOFIA em todos os seus aspectos.

São elas, tais identidades:

(1) TZARIM , um Espacial "embarcado", isto é, com base na Terra, procedente de Sara, planeta da estrela de Aldebarãn, a Alfa da Constelação do Touro. Na Terra foi MABI ISA , tendo vivido entre antigos hindus e no que hoje é a Turquia. Tem profundas e harmoniosas ligações com Mestre Jesus e o tem acompanhado segundo várias de suas identidades, servindo ao Mestre trans e inter-dimensionalmente. Como tal, tem uma Companheira, mas não temos nenhuma informação sobre ela.

(2) DZARIMAN , outro Espacial "embarcado", e que integraria a mesma frota de TZARIM. É procedente de Tizzo, planeta vizinho de Sara, da Estrela de ALDEBARAN, alfa da constelação de Touro. Na Terra foi HAMARA DÍDI ( Hámara Rájih Ramarish ), que viveu na Caxemira (Índia), tendo sido também um Franciscano e depois um Geômetra e Arquiteto, navegador dos mares e, noutra vida, construtor de naus e engenhosos armamentos de guerra e defesa, além de Astrólogo, Mágico, Ginasta ambulante e Caminhante.

(3) MOLÁKI , um Interplanetário igualmente "embarcado", e que seria comandante de uma pequena frota de naves baseadas nos subterrâneos da Terra. Sua contraparte espiritual feminina também se identifica, embora muito raramente, utilizando-se do nome MADZÁ-LÍLI (ou Amandha em termos psico-mediúnicos avançados). Ambos viveram também na Terra, ora juntos ora separadamente. Numa dessas experiências ele foi BEN HADDAD BIBI (mundo árabe antigo) e em outras ela teria sido Sheilla, depois Carmen e, por fim, Salette , que teria vivido em Vitória, no Estado do Espírito Santo (Brasil), no século passado. Desencarnada, trabalhou em clínicas e centros de estudos e pesquisas em Hámalla, a dimensão hiperfísica da Terra (o mundo espiritual dos kardecistas), para depois voltar a atuar sob a personalidade de MADZÁ-LÍLI.

(4) KIÕN é outro interplanetário "embarcado", ou seja, comandante ou tripulante de Volitores ou Vimanas — UFOs ou OVNIs da Ufologia moderna — com base na Terra. Viveu na idade média, em regiões hoje francesas, e depois no Brasil colonial. Como tal é, presentemente, um "intraterrestre" vivente em Kiáh, uma cidade-torre encimada por uma cúpula transparente, nos continentes internos de nosso globo. Outra identidade que a mesma Existência tem é a de HILK ou MADDEI , ou HILK MADDEI ("Maddei" seria uma espécie de "Título honorífico"...), um Ser Djina (ou um Rói-Bíbi) de pequena estatura, pele branco-cinza-azulada, voltado para ensinamentos relativos aos mundos subterrâneos da Terra e suas dimensões hiperfísicas e às técnicas de abandono temporário e consciente do corpo físico (projeciologia). Foi, ainda, na época dos primeiros anos do cristianismo, DUDI-MONTÍ , um astrônomo, matemático e naturalista, sábio morador de montanhas sagradas hoje pertencentes à Turquia e, depois de rápidas e anônimas peregrinações na matéria, teria sido — AINDA SEM UMA CONFIRMAÇÃO CABAL — o conhecido brasileiro Alberto Santos Dumont , o "Pai da Aviação". Sem prejuízo de sua identidade como Kiõn , tal famosa personalidade estaria encarnado provavelmente desde 1962. Mais uma vez teria nascido no Brasil, em Minas Gerais, mas vive, estuda e trabalha na Europa. Como "Hilk Maddei", Kiõn controla dois servidores "biônicos", chamados de MADDAD VAENS — um Rerom-ki apelidado por Ben Daijíh de "LÍRIO", e KABÓBI (que quer dizer "Camelo"), outro Rerom-ki, esse de aspecto quase "humano", responsável por complexas tecnologias de transmissão de "ambientes" através de "sondas e portas interdimensionais" (Iodas e Ioras) plantadas em reuniões, palestras e painéis através das quais outras inteligências trabalham durante o tempo desses eventos em benefício dos espectadores físicos e não físicos presentes e para a fluência dos conteúdos amasóficos apresentados nessas oportunidades. Recentemente, a contraparte espiritual feminina de KIÕN entra em cena, sob a denominação de ASHPRILLA , figura de personalidade viva, forte e muito decidida, quase impetuosa ou mesmo "agressiva".

A Missão espacial de ORS INARAN tem raízes físicas nos planetas Dummo, Tizzo e Sara da estrela alfa da constelação do Touro (Aldebarãn), e apoio nos planetas Nada, de Sírius (Base de Eldídini), Vênus (Base de Eldídini-há), Maráia-ráh, base artificial em órbita da estrela Alcione (Plêiades) e, por fim, numa estação intraterrestre chamada Maura-Rojíh-Kathú — "casa restaurada durante a noite", ou seja, ao longo da "Era de Peixes"...), cuja instalação principal, com suas ramificações subterrâneas, encontra-se situada a quase seis mil metros de profundidade na região da Serra da Canastra, nascentes do Rio São Francisco, no Estado de Minas Gerais (Brasil). A orientação geral da Missão, a cargo do Espacial ADRIMON (Itzarel ou Issa Aresí), é ancorada na estrela "Alnilãn", do cinturão da Constelação de Órion (A estrela central das "Três Marias"), origem dessa identidade.

Itza Omhábi e Madjilla-Súh (Jesus e sua contraparte espiritual feminina, a bíblica Maria Madalena), são, entre todos os que estudam, difundem e buscam viver a AMASOFIA, reconhecidos como nossos Guias, Protetores, Mentores e Orientadores Maiores uma vez que a eles tem cabido a direção do "Projeto Terra" como um todo, isto é, a direção de "Báki-Tídi-Ária" e seu "Plano de Recuperação", denominado este de "Álara-Máh". Tais creaturas não são canalizadas por Ben Daijih, como inadivertidamente foi afirmado por periodistas brasileiros. A mesma informação vale para o caso de "Ashtar Sheran" ( "A Estrela que Mais Brilha" ) — o mesmo que "Arcanjo Miguel" dos Cristãos Católicos: essas identidades também não são canalizadas por Ben Daijih (Luiz Gonzaga), pelo menos sob as denominações com quais se apresentam para outros Canais.

Vale destacar, mais uma vez, que as entidades espaciais, as interplanetárias em geral e as hiperfísicas operam igualmente através de práticas mediúnicas convencionais — incorporação, clariaudição e psicografia, por exemplo — tando na escola kardecista como fora dela, inclusive através de médiuns (canais) independentes e na Umbanda, com muita freqüência — mesmo em suas versões já fortemente sincréticas em relação ao catolicismo popular e aos cultos afro-brasileiros — onde se apresentam sob outras denominações e aparências, ao lado de inteligências e missões diversas, assim configuradas para efeito de uma adequada aceitação por parte de nossa cultura. Alguns de seus membros estão, presentemente, manifestados também entre nós, em corpos materiais terrestres, ou ainda como inteligências ora habitantes dos mundos subterrâneos e dos continentes planetários internos, dentro de missões paralelas ou interdependentes.

"Reunidos no espaço estamos porque LIVRES nos fizemos. Do contrário entre nós não haveria a não ser um "deus" e em sua volta distraídos "seguidores", como tão bem acontece entre vós onde a culpa, o medo, o falso pressentimento e o sentimento de abandono e solidão muram vossos dias e noites para que, assim, possais melhor servir a propósitos que não são os vossos. Assim, sem que vos atineis, estais pelejando contra vós mesmos, até mesmo quando, reunidos, pensais estar lutando em favor de vossa libertação e contra as arbitrariedades dos que se arrogam dirigentes de vossos destinos na Terra. Assim, volto a vos repetir: as trincheiras da verdadeira guerra que estais a travar estão cravadas em vossas almas, não nos territórios de vossas nações. O que há por ser vencido vive e se reproduz dentro de vós. Os poderosos, pobres homens e mulheres, são apenas miragens, espelhos dessa realidade que vos oprime de dentro para fora de vosso SER. Quando a VITÓRIA, plena de PAZ, se instalar em vosso peito, vereis que o poderosos que assolam vosso mundo e destróem vossas esperanças de PAZ e PROSPERIDADE REAIS (verdadeiras) não passam de levas de semelhantes que, mais do que ninguém, carregam em si a maior das culpas, o maior dos medos, a mais insondável e desesperadora das solidões: a extrema solidão de si mesmos. O tempo delas, no entanto, o tempo das obras que (eles) perpetuam na Terra, já chegou. Ainda não vos parecem claros os SINAIS? Dia a dia, mais e mais, eles (os SINAIS) vos surpreenderão e, por estarem muitos buscando explicações para eles, poucos terão em seus Corações a humildade para reconhecer o FIM e, igualmente, a FORÇA necessária para, no mesmo DIA, edificar o COMEÇO. " (Kiõn, por Ben Daijih, aos 11 de julho de 2001).

Portanto, foi esta experiência psíco-mediúnica pautada nessa, digamos, "falange espiritual" ou "falange espacial" de ORS INARAN que deu origem ao que se convencionou chamar de AMASOFIA, uma COSMOVISÃO HOLÍSTICA PARA O III MILÊNIO, uma, em realidade, COSMOGONIA ABERTA, uma vez que organiza temas que vão desde a COSMOGÊNESE e a ANTROPOGÊNESE, até o FUTURO DA TERRA e de seus habitantes Humanos, numa perspectiva mais do que integrada, UNICISTA (no dizer de Pietro Ubaldi, autor de, dentre outros livros notáveis, "A Grande Síntese" ), uma visão, enfim, HOLÍSTICA, lato sensu!

A realização da AMASOFIA, em nível de (1) Documentação, (2) Estudos Comparados e Pesquisas, (3) Ensino Sistemático, (4) Difusão Aberta, no seu conjunto, integram e dão razão de ser ao INSTITUTO INTERNACIONAL DE AMASOFIA, entiadde para fins não econômicos (sem fins lucrativos) com sede e foro em IRATI (PR). Sua vivência integral e integrada, no entanto, acontece através da realização e do desenvolvimento da REDE MUNDIAL AURORA DE ESTAÇÕES AQUARIANAS — nos termos da AGENDA AQUARIANA — através do INSTITUTO INTERNACIONAL PARA A REDE AURORA (Veja no FACEBOOK >>> www.facebook.com/redeaurora)

AMASOFIA
Uma Cosmovisão Holística para o III Milênio
REVELAÇÕES DO ESPAÇO PARA A TRANSIÇÃO PISCES ACQUARIUS

 


INSTITUTO INTERNACIONAL DE AMASOFIA
E-mail: fale-conosco@amasofia.org.br